SRAG 2009 a 2012 - Banco de Dados de Síndroma Respiratória Aguda Grave

O Ministério da Saúde (MS), por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), desenvolve a vigilância da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Brasil, desde a pandemia de Influenza A(H1N1)pdm09. A partir disso, a vigilância de SRAG foi implantada na rede de vigilância de Influenza e outros vírus respiratórios, que anteriormente atuava exclusivamente com a vigilância sentinela de Síndrome Gripal (SG).

Esta página tem como finalidade disponibilizar o legado dos bancos de dados (BD) epidemiológicos de SRAG, da rede de vigilância da Influenza e outros vírus respiratórios, desde o início da sua implantação. De 2009 até 2018, o sistema oficial para o registo dos casos e óbitos por SRAG era o Sistema de Informação de Agravos de Notificação – Sinan Web Influenza. A partir de 2019, o sistema oficial passou a ser é o Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe).

Esclarece-se que as bases de dados de SRAG disponibilizadas neste portal passam por tratamento que envolve a anonimização, em cumprimento a Lei 13.709/2018.

Para mais informações, acessar:

Gripe/Influenza - https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/g/gripe-influenza
COVID-19 - https://www.gov.br/saude/pt-br/coronavirus
Guia Nacional de Vigilância da COVID-19 - https://www.gov.br/saude/pt-br/coronavirus/publicacoes-tecnicas/guias-e-planos/guia-de-vigilancia-epidemiologica-covid-19/view

Dados e recursos

Informações Adicionais

Campo Valor
Autor Datasus
Última Atualização 6 de Abril de 2022, 17:17 (UTC)
Criado 13 de Janeiro de 2022, 18:10 (UTC)